workshop de identidade &
comunicação online

especial pro enjoei :: novembro 2018 <3

 
 

minha apresentação

trabalho como personal stylist desde 2002 e com comunicação online desde 2006

estruturei um método de trabalhar a consultoria de estilo que coloca a pessoa no centro e usa a roupa como ferramenta pra organizar e botar no mundo a narrativa que se quer

na comunicação desdobrei esse método em todo tipo de conversa possível, todas as plataformas com conteúdos muito diversos

hoje to experimentando um método meu de identificar, organizar e sistematizar narrativas pra uma prática possível, humana, animada

os resultados tem sido: narrativas autênticas, consistência nas redes, continuidade <3

vim compartilhar esse método pra gente experimentar nas redes daqui do enjoei


 

internet das pessoas

internet como uma grandessíssima festa, maio que o maracanã

todo mundo falando ao mesmo tempo

no lugar de falar com todo mundo gritando, lá longe, fazendo um super esforço

puxar conversa com quem tá em volta, e gerar conexão não pelo volume mas pela afinidade

isso é forte e tem potência pra muito mais do que só comunicar/conversar

isso conecta! é menos pelo racional e mais pelo emocional <3

que ambientes temos nessa festona: desde os mais paradões até os mais frenéticos


 

feramentas

site + app

nossa casa própria na internet, sem aluguel

pra onde todos os links são direcionados

onde tudo que acontece em todas as outras redes precisa encontrar convergência

já tá estruturado como CASA, precisa conversar com todos os canais!

conectar chamadas da home com o que pode ser produzido nas redes!

newsletter

comunicação mais íntima, mais de perto, menos gritada

a mais democrática, a mais possível de engajar (40x)

pode trazer os temas do site e os desdobramentos dele nas redes, como um extra, conectando tudo

80% entrega + 20% pede de volta

twitter

lugar da fala rápida, conectada com o minuto, contextualizada com o todo

trending topics! acompanhar eventões: oscar, copa do mundo, etc

tuítes com links pra promoções, pra produtos, threads que constróem looks

tuítes nonsense

instagram <3

canal das belezas: imagem não precisa ser perfeita, precisa ser cuidada

frequência: postagem dia sim dia não no feed + diária nos stories

edição no feed: alternância de tipos de fotos/de conteúdos

imagens autorais x banco de imagens

não editar/não deletar foto antes das 24 primeiras horas de postagem

legendas com hierarquia de info: importante já na primeira linha

legendas complementando fotos, com contexto e instruções (CTA)

ensinar a fazer buscas no site (ref rita lobo/panelinha)

até 5 hastags em cada legenda: indexação x inclusão em grupos 

pesquisar hastags pequenas até 50k, médias e grandes +500k

alternar hastags! não usar sempre as mesmas

usar as funcionalidades!

*boomerang
_chama atenção pra um detalhe
_acrescenta vida, movimento
_transformações rápidas
_apresentação de coisas ou pessoas sem ser no flat

*stories
-LINKS DIRETOS!!!
-criar narrativas pros stories: novelinhas/capítulos com começo meio e fim/CTA (ref vânia goy)
-lives tem 10x mais engajamento (1x por mês? temas das editorias?)
-destaques no perfil como portfolio de potencialidades ou institucional (com links!)
-legendas/inserções quase centralizadas, longe das bordas


 

exercício
construção colaborativa de identidade de presença online \o/

o que 
_o que é o trabalho do enjoei/o que a gente faz
_conceito

por que
_valores pessoais conectados com entrega profissional
_motivação
_uma causa, propósito, crença, porque existe

o que se resolve
_quais as dores dos clientes
_quais os problemas do mundo

como
_processos
_habilidades pessoais

cliente
_com quem a gente fala/pra quem (cliente ideal!)
_quem quer falar com todo mundo acaba dependendo de publicidade $$$
_focar numa mulher/pessoa bem específica e falar tão diretamente com ela... que ela mesma fale da gente pra todo mundo em volta
_não quer dizer não ter produtos pra outras pessoas/outros públicos
_orientar comunicação coerente com quem é FOCO

(esquecer/tirar MUITO da frente quem a gente entende que não é nosso público! se vai ofender, se não vai ser engraçado, se não vai ser compreeendido -- a nossa 'pessoa foco' vai catar tudo! o resto não importa, e é bom que a gente faça o movimento de repelir essas que não são nosso foco = "proudly not for everyone", prevenção de perda de tempo e energia bem aplicada)

entrega
_quais os resultados
_quais os benefícios
_pro cliente, pra mim, pro mundo

objetivos
_que resultados essa comunicação quer alcançar
_como saber se deu certo?

temas
_assuntos pra puxar conversa
_grandes temas do enjoei

voz
_qual o tom da conversa
_de que jeito a gente se comunica

visual
_que cara tem essa comunicação

palavras-chave
_o que as clientes querem ouvir pra estar perto da gente


 

voz

como a gente se comunica!

internet terra da informalidade (memes, bancos informalizando)

quanto mais parecido com como a gente fala, melhor

bom exercício: falar no gravador e então transcrever + escrever e ler em voz alta

tom: poético? questionador? bem humorado/zueira? serviço? reportagem?

_no racional
*educar: infográficos, releases, guias, pesquisas de tendências
*convencer: funcionalidades de produtos, estudos de caso, checklists, guias interativos, webnars

_no emocional
*entreter: competições, quizzes, games, vídeos
*inspirar: depoimentos de celebridades, reviews, fóruns e comunidades


 

conteúdo

pool de assuntos pra puxar conversa

grandes temas da ID como editorias (bom pra alocar em calendário editorial)

desdobramentos dos 'grandes temas' em gotas

datas de calendário que se relacionem com as editorias

temas de atualidade que se relacionam com os 'grandes temas' (filmes, notícias, bafos)
*como 'qualquer coisa' tem a ver com o enjoei?
*o que o enjoei diria sobre 'qualquer coisa'?

toques de imprevisibilidade! padrões pra reconhecer, mas nem tanto ;-)


 

redação

minar expressões vazias de significado e imperativos (a não ser por humor!)
*corra, vem aí, não perca, aguarde, prá lá de, pra quem não sabe, mas enfim, simples assim, essa questão
*clique agora, garanta já
*pra vocês --> internet não tem palco, não tamos separadas de ninguém

(medo de errar, vulnerabilidade, replicamos a propaganda a mídia tradicional)
(o que garante o informal: digitação + gramática)

espremer excessos, pelo menos 3 repassagens

hierarquia de informação: importância já na primeira linha

personalidade nas palavras escolhidas como ESSENCIAIS

repetir as nossas palavras-chave! pesquisa silvio santos: 7 a 11 repetições

sensações/experiências > benefícios: o que o produto faz x o que ele permite você fazer/o que você pode fazer com o produto!

clareza no lugar de esperteza \o/

CTA = o que fazer? o que eu quero que meu leitor faça depois de ler esse texto? que resultado eu quero no final do que escrevo?


 

visual

elementos visuais coerentes que representem a gente/nossa marca pra que todo o conteúdo seja consistente, tenha a ver entre si, construam timeline gostosa e coerente

mapear pra ter clareza! e re-olhar pra isso de tempos em tempos ;-)


do que a gente gosta? (visualmente)
do que a gente não gosta? (visualmente)
*nosso jeito de vestir e de decorar a casa podem dar pistas

cores: muitas, poucas; coloridas, neutras; intensas, serenas; contrastantes, análogas
(repetir as cores do logo sempre que possível! as cores da home e do app num tempo específico)

linhas: retas, arredondadas, espessas, finas

formas: angulares, fofuchas, flat, volume

texturas

estampas

espaços ocupados (minimalista, exuberante)


 

fotos

dicona da eva chen: não basta ser lindo, tem que ter ponto de vista único

traduzir os elementos visuais da ID em enquadramento, composição, luz, saturação

encontrar essas capturas de vida tudo a ver

manipular as capturas com apps pra imprimir personalidade (sem pegar fogo apagar com tamanco)

limpar lentinha
segurar com as duas mãos
clicar pra dar foco
não usar zoom
fotografar já no quadrado (se for pro insta)
linhas verticais, horizontais, diagonais
composição com ponto focal principal + coadjuvantes
enquadramento nos encontros dos grids

 
 

 

banco de ideias

caderno de rascunhos pra angariar pautas possíveis que não precisam ser postadas imediatamente

pastinha pra guardar fotos (ou pra anotar ideias de fotos, guardar refs)

vale também guardar hashtags pra acessar a cada nova postagem

só funciona se tá sempre à mão!

*a partir das próprias leituras e conversas: qual o ponto que me chama atenção? como isso se relaciona com o meu fazer? o que eu penso a respeito disso?
(perguntas das clientes, das amigas, da audiência: pautas!
*significados do dicionário pras palavras-chave e temas
*poesias, músicas, humor relacionado às palavras-chave e aos temas
*calendário do mundo, datas importantes, aniversários de personas (rs)

 
 

 

calendário editorial

esquema de postagens semanal, quinzenal, mensal... anual!

pra alocar as editorias definidas na ID em dias da semana/da quinzena e preencher com os temas de que se quer falar em cada uma delas

abastecer com as pautas e fotos guardadas no banco de ideias

*dá pra planejar grandes temas pro site/app, pra desdobrar nas news, pra distribuir em gotinhas nas redes

pra trabalhar na abundância e não na escassez

pra ter conteúdo planejado preparado adiante, com o hoje já pronto

acaba com a aflição do "ai meu deus tem que postar to sem ideia alguma"

 
 

 

prática
sugestão pro começo

A SE CONSIDERAR NA ROTININHA
-tempo de 
.pesquisa
.reunião de pauta
.organização de ideias e tarefas
.produção de fotos
.edição-finalização (ajustes/apps)
.redação de textos e legendas
.revisão
.programação-agendamento-postagem
.relacionamento

AJUDA DEMAIS:
estruturar
*grandes temáticas mensais + sub-temas semanais + serviços/promoções --> posts
*produzir e depois agendar OU agendar e depois produzir

PLANEJAMENTO + PRODUÇÃO + ATIVIDADE DIÁRIA

-já separar um dia na agenda só pra abastecer banco de ideias (brainstorm colaborativo! todo mundo já trazendo ideias de casa!)

-organizar no calendário uma primeira semana com o que tiver

-produzir fotos e legendas pra essa primeira semana

-e então começar o re-abastecimento do banco/a atividade diária

-todo dia: postar + acompanhar, responder comentários, comentar em outros perfis

-estudar as métricas intuitivas/eficazes: o que funciona mais e melhor, o que precisa ser revisto pra ter eficácia, o que pode ser reeditado e mais trabalhado nas redes (e de onde as pessoas vem -cliques no site-, no que vale a pena investir tempo e energia)

-fazer, repetir, observar engajamento/resultados, fazer ajustes, testar de novo
-frequência + consistência + engajamento -->> finais felizes ou cheios de significado <3

 
 

 

exercício

1)
.selecionar canais pra trabalhar

.alocar editorias nos dias da semana

.quantidades de posts / frequência

2)
.encaixar temas das postagens nas editorias

.acessar banco de ideias

.rascunhar ideias de temas pra trabalhar em cada editoria (ideias de post!)

.idealizar imagem pra ser produzida pra cada um

-calendário do mês: site/app + newsletter
-calendário da semana: postagens de redes sociais

*temas mensais + sub-temas semanais --> site/app + newsletter

-desdobramentos nos posts diários com gotinhas do tema 

(tirados dos textos maiores + complementando as citações)

ANO:
12 grandes temas, 4 sub-temas pra cada um, itens pra desenvolver nesses temas

 
 

 

vambora \o/

“enquanto eu e você estávamos ocupados 

entrando em becos sem saída 

e desperdiçando nossos esforços, 

cientistas têm se ocupado tentando descobrir 

o que realmente funciona. 

e agora eles sabem.

pequenos passos funcionam.

esforço consistente funciona.

suporte de um grupo funciona.

é isso. três coisas. 

defina um objetivo, 

e em pequenos e consistentes passos, 

trabalhe para alcançá-lo. 

procure pela ajuda dos seus pares 

quando começar a desanimar. 

autoconhecimento, auto-confiança, 

empatia, propósito, 

tudo isso ajuda e dá fundamentos pra coisa toda.

mas se há três ações essenciais, 

me parece que elas são: 

dar pequenos passos, 

ser consistente 

e saber pedir ajuda.

(adaptado daqui)

==

obrigada!

<3

EXTRAS
ted do golden circle
a arte de se comunicar — thich nhat hanh
o novo poder — henry timms + jeremy heimans
ten arguments for deleting your social media accounts — jaron lanier
linchpin — seth godin